tradutor

 

 

Aprenda a dar o banho perfeito no seu cão

Banhar um cachorro pode ser tão complexo quanto banhar um bebê. Assim como os filhotes de humanos, os cães não podem nos avisar quando entra xampu nos seus olhos ou se a temperatura da água não está correta. Tudo o que os pets fazem é nos olhar com seus olhos tristes e sua aparência molhada e engraçada.

A solução mais garantida é entregar o seu animal para um profissional. Nos pet shops, os funcionários são qualificados para banhar e tosar os cães da maneira correta. Mas nem sempre é possível contar com um pet shop. Em viagens os cães podem se sujar, brincar na lama, rolar na grama ou até mesmo, no caso do meu cão, fazer amizade com um gambá! “Nestes casos, o dono se vê obrigado a dar um banho em casa”, afirma William Galharde, supervisor e consultor de estética de todas as unidades do Pet Center Marginal. Confira abaixo as dicas do William para você limpar seu pet sem machucá-lo ou traumatizá-lo.

Preparação:
O xampu humano deixa o cabelo bonito, então deve funcionar para os cães, certo? Não! “Tem gente que usa até sabão de coco para banhar os cachorros, mas o Ph é muito alcalino e faz mal para a pele dos animais”, diz William. Por isso, os produtos veterinários são essenciais.

A água do banho também precisa estar na temperatura adequada, pois o excesso de calor pode levar os pets à morte (como já explicamos no blog – leia aqui). “Imagine a água que você banharia um bebê. O banho para os cães deve estar no máximo nessa temperatura”, afirma o consultor. Outro detalhe importante é o cuidado com as orelhas do animal. Faça bolas de algodão hidrófobo (impermeável a líquidos) e coloque nas orelhas do cão.

O banho:

Após molhar com cuidado o seu cachorro, dilua o xampu em uma proporção de quatro partes de água para uma do produto. Isso ajudará a impedir que o xampu se acumule na raiz dos pelos. Dê atenção às patas e dobras do cão, mas evite a proximidade do xampu com os olhos e o nariz do pet. “Animais com focinho curto nunca devem receber água sobre a cabeça, ou podem aspirá-la”, diz William. Molhe apenas as laterais, tomando o cuidado de segurar as orelhas abaixadas, para impedir a entrada de água no nariz e boca do cão. Por fim, enxágue o bicho abundantemente. E tome cuidado, pois as chances dele chacoalhar e te molhar são altas!

Secagem:

Após tirar o excesso de água com uma toalha limpa, seque o animal com o secador de cabelo, utilizando apenas a temperatura fria, e mantendo a distância de pelo menos um palmo. “Os nós nos pelos são formados na raiz, e não nas pontas, como ocorre com o nosso cabelo. Por isso, escove com suavidade todo o animal”, afirma William.

Recompensa:
Para que seu pet associe o banho a algo agradável, aproveite o momento para fazer brincadeiras e carinho nele. Quando a secagem terminar, ofereça algum petisco ou uma brincadeira. Assim, seu cão ficará feliz ao ver a mangueira da próxima vez, e quem sabe não fará a triste cara de cachorro molhado.

TAGS: BANHO, CÃO, PETS, VERÃO,FLORA CÃES, DICA, PETS, SAÚDE

 

fonte:

http://colunas.epocasp.globo.com/farejadorbichos/2011/01/26/aprenda-a-dar-o-banho-perfeito-em-seu-cao/

animais

Cão leva dois tiros ao salvar vida de dono em assalto no RS

Max atacou ladrões durante tentativa de assalto em Garibaldi. 'Ele salvou minha vida e será especial para sempre', diz dono ao G1.

Nathália Duarte Do G1, em São Paulo
Max salvou vida de dono em assalto em Garibaldi (RS)Max salvou vida de dono em assalto em Garibaldi (Foto: Porthus Junior/Pioneiro/Agência RBS)
Quando decidiu levar Max para casa, com poucos dias de vida, Seu Osmar nem imaginava que o cão salvaria sua vida, pouco mais de três anos depois. No último domingo (23), o animal chegou a levar dois tiros para defender seu dono de um assalto, no centro da cidade de Garibaldi, no Rio Grande do Sul. “Eu estava chegando do interior e estacionei minha caminhonete em frente ao comércio que tenho, no centro da cidade. Havia deixado Max no terreno dos fundos do comércio quando fui abordado por dois homens que anunciaram o assalto. Eles queriam levar a caminhonete, mas eu disse que estava sem a chave. Foi quando um deles sacou o revólver. Só tive tempo de desviar e gritar ‘pega Max’”, conta Osmar Persico, 47 anos. Seu Osmar foi atingido de raspão por um tiro na testa.  Ao ver o sangue, o cachorro obedeceu ao dono e atacou os assaltantes. “Ele viu o sangue e ficou uma fera. Saiu como um foguete para atacar os ladrões. Um deles fugiu a tempo, mas o outro foi dominado pelo Max. Para se defender, o ladrão acabou atirando no cachorro. O Max me livrou do assalto e salvou minha vida”, diz.
saiba mais
 
Os ladrões fugiram sem levar nada. O boxer, mesmo ferido, passa bem, e se recupera das lesões causadas pelos disparos. “Ele teve duas perfurações por bala, uma no peito e outra na pata dianteira direita, mas se recupera bem. Já está se movimentando e imobilizamos apenas a pata ferida. Ele é um cão muito forte, corajoso, acredito que não ficará com sequelas”, diz ao G1 o veterinário Ari Glock, que atendeu Max após a emergência e segue acompanhando o tratamento do animal. Max deve continuar morando no terreno próximo ao comércio de Seu Osmar, já que a família mora em um apartamento. "  Estamos sempre por perto, passeamos todos os dias, e isso vai continuar. Ele já era importante para nós, e agora, para mim, vai ser especial para sempre", afirma Persico.
 
fonte: globo.com
 
 

tags; Cão,  tiros,salvar, vida ,dono ,assalto

ref.:

http://caesamigoes.blogspot.com


contador
contador